terça-feira, 16 de agosto de 2011

PRENÚNCIOS.

Alço voo
Ah, como adoro voar !
Sentir as asas planando
Nos ares de meu pensar.


Escolho as trajetórias
Na bússola de meu querer
E meu norte, meu norte ?
É certamente você.


Ultimamente há sempre
Um sorriso infinito em meu olhar
Prenúncios transparentes
De que estou a sonhar.


Com um fruto maduro, cheiroso...gostoso
Pronto pra degustar
Sinto um apetite imenso
Só em pensar.


Você sabe que eu te quero
Mas não é para brincar
Pois és a Princesa do sonho mais lindo
Que quero vivenciar.

Um comentário:

  1. .....mas afinal quantas Princesas tens, Poeta?

    ResponderExcluir