segunda-feira, 12 de agosto de 2013

A gente só falava de mel.

Um dia começamos a brincar
com aquele delicioso jogo
de intenções.
Que nos causava doces sensações.

Assim o tempo passava.
Diziamos tudo...sem dizer nada.
Porém, disfarçadamente, 
a gente se insinuava.

Às vezes falavamos das estrelas
Do Sol, das estações e do céu.
Mas nas noites de lua cheia.
A gente só falava de MEL.

10 comentários:

  1. Que bonitinho!!!
    Amei príncipe poeta !!
    Mil bjusssssss

    ResponderExcluir
  2. Este é o Carlinhos, sempre romântico, sempre encantando!!!!
    Amei, querido Príncipe poeta de Cássia.

    ResponderExcluir
  3. E de um coração doce como o teu Poeta, só pode sair mel...
    Muito lindo!!! Amei... bjsssss

    ResponderExcluir
  4. Poeta não me canso de ler e reler teus Poemas , teu Blog é encantador, e toca os nossos corações. Lindos sempre.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. muito lindinho amigo poeta, obrigado por partilhar, boa tarde, beijos ♥

    ResponderExcluir
  6. Gracioso!
    Parabéns, Carlinhos!
    Bjs poéticos!

    ResponderExcluir
  7. Muito lindo, Carlos...parabéns, Poeta!! uma bela noite pra vc....fique com Deus...

    ResponderExcluir
  8. Parabéns......vc é demais e principalmente a sua perspicácia....kkkkkkkkkkkk,,,,,lua cheia a gente só falava de mel......bjks querido amigo

    ResponderExcluir
  9. Amado Poeta Carlos,esta poesia é de uma doçura imensa!!!
    Amei!!!

    Bjs no seu lindo e romântico <3

    ResponderExcluir
  10. É ! em lua cheia tudo haver com mel,
    Mas o jogo de intenções é que é ela.
    Lindo demais as intenções poéticas deste poeta.
    Carlinhos e mel é a mesma coisa.
    b\jinhus

    ResponderExcluir