segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

SONHAR SEMPRE...SEMPRE !!!!!!!!!

É uma linda noite de dezembro
Sinto as energias lunares vibrarem
Converso com as estrelas
E peço-lhes para me escutarem.


Sinto o doce perfume de flores
Querendo me penetrar
Meus pensamentos vagueiam
Estou pronto pra sonhar.


Ancoro em teu porto
Desembarco no caís de tuas doçuras
Teu sorriso dá-me as boas vindas
Estás cheia de ternuras.


Teus abraços me esperam
Teus beijos também
Sorrio...pois mesmo em sonhos
É muito bom ter alguém.


O tempo de sonhar não pode passar nunca
Deve ser sempre eterno em nosso viver
Pois quem para de sonhar
DE ALGUMA FORMA COMEÇOU A MORRER.

7 comentários:

  1. Haroldo Alves da Silva5 de dezembro de 2011 04:02

    AMei de paixão este seu poema.
    Realmente sem sonhos, do que valeria a vida?
    Grande abraço meu amigo Carlos.
    Namastê

    ResponderExcluir
  2. OLÁ QUERIDO...COM CERTEZA O TPO DE SONHAR..NÃO PASSA NUNCA...É ETERNO..AMO..LER.VC POETA CARLINHOS..MUITA LUZ..PRA TI...BJS BETTY.G:)

    ResponderExcluir
  3. Que lindo Poeta dos Sonhos! Para alguns o tempo de sonhar é infinito, não deixam nunca de sonhar, acredito que essas pessoas são mais felizes pois vivem acreditando, para outras a realidade chega mais rapidamente e os sonhos são mais fugazes, dizem os estudiosos que o ideal é o equlibrio...

    ResponderExcluir
  4. POETA POETINHA...ESSE É UM LINDO POEMA...FAZ POUCO TEMPO QUE EU APRENDI A SONHAR...VALEU A PENA TENTAR! "Teus abraços me esperam
    Teus beijos também
    Sorrio...pois mesmo em sonhos
    É muito bom ter alguém"
    Vc tem toda razão...é desse jeito assim...Parabéns,sempre...

    ResponderExcluir
  5. ...ancoras no cais da vida..acorda... é real..
    a dama da lua te espera, na mão uma flôr......
    os lábios se encontrarão...na aurora boreal...
    enfim, sonhos acabarão...se tornará vida e amor...

    ResponderExcluir
  6. "É uma linda noite de dezembro
    Sinto as energias lunares vibrarem
    Converso com as estrelas
    E peço-lhes para me escutarem".
    Vibrando com este poema, comecei a respirar sonhos, sonhos pra nunca acabar, pois sei que as estrelas, vão piscar no teu luar, apontar para o oriente, invadir o ocidente e te escutar, os sonhos são como estrelas, nunca param de brihar, se param não tem noite, para os sonhos acalentar e nem luar para o coração vibrar...sorrir e esperar alguém, parra a vida encantar. Bj querido

    ResponderExcluir