quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

MEU PRESENTE DE NATAL.

Sim, já temos
Uma história...
Que ainda não vivemos
Mas que queremos viver...
E como queremos !!!!!


Sabemos que será linda
E cheia de magia
Como imaginamos sempre
Em nossas fantasias
Em nossas poesias.


Será um amor sereno
Companheiro...cheio de juras
Ao mesmo tempo quente
Cheio de travessuras
E muitas doçuras.


Já está decidido
O que pedirei
De presente á Papai Noel:
QUE ME DEIXE
VIVER NO TEU CÉU.





16 comentários:

  1. Teresa Cristina de Barros7 de dezembro de 2011 03:39

    ........Q U E L I N D O !!!!!!!!!!!.......

    ResponderExcluir
  2. NOSSA CARLINHOS...QUE MASSA..ISSO....TOMARÁ QUE SE REALIZE..SEU PEDIDO RSRSRSRRSRSRRS..ADORO..VC..MEU..POETA...AMADO...BJS..BETTY.G:)

    ResponderExcluir
  3. POETINHA CAMARADA...GOSTEI DA IDÉIA POSTA E TÃO BEM DELINEADA NO POEMA!
    ESTOU PENSANDO EM COMEÇAR A ACREDITAR NO PAPAI NOEL...JÁ QUE OS SANTOS NÃO ME ATENDERAM...ACHEI A IDÉIA ÓTIMA...VOU PEDIR, JÁ, JÁ...Ops...VOCÊ TEM PRESTÍGIO COM ELE? FELICIDADES E PARABÉNS!

    ResponderExcluir
  4. Poeta Carlos Alberto,parabéns,tua poesia é a revelação dos teus sentimentos em forma do amor divinal, esse amor que transcende o nosso entendimento, que vem expresso em tua verve, denotando tua sensibilidade e devoção ao teu Deus!

    Boas fruições poéticas,amigo!

    Com carinho, Zinah Alexandrino

    ResponderExcluir
  5. Oi carlos!!!
    Não desmerecendo Papai Noel em meio a sua bondade creio que o papai do céu houve com mais razão nossos pedidos e preces!!!
    É BOM NESSE TEMPO SERMOS COMO CRIANÇAS E DEIXAR-MOS SER CONTAGIADOS POR ESSE TEMPO TÃO BELO QUE É O NATAL!!!!
    BELA POESIA POETA ,BEIJOS!!!!

    ResponderExcluir
  6. Hum!Senti que a felicidade aportou na sua janela poetica, vi sorriso nos seus labios, vi seus olhos a brilhar, na sua face vi uma criança, esperando Papai Noel chegar, vi uma promessa de amor, um sonho compartilhado, uma decisão desejada e um encontro marcado, um lugar ja demarcado bem no ceu desse amor...um amor de de adolescente, amor inocente,, amor pra toda vida. bj querido carlinhos.

    ResponderExcluir
  7. Nossa que lindo. Bjks da sempre amiga Thê.

    ResponderExcluir
  8. Que lindo poema Poeta dos Sonhos! Que Papai Noel lhe traga seu lindo sonho de amor nesse Natal,um amor de sonhos, docura e travessuras. beijos

    ResponderExcluir
  9. Amor, adorei o poema, me emocionei profundamente,sim vai ser muito lindo....gostei desta partezinha ai das travessuras.....beijo.

    ResponderExcluir
  10. Vou deixar um bilhetinho na minha janela e fazer o mesmo pedido,quem sabe,ele não me atende né poetinha?muita paz,luz e amor pra você.Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Lindo poeta!!! Hoje sonhei acordada o dia inteiro, nem sei como sobrevivi ao trânsito tenebroso da megalópole sem nenhum acidente....rsrsrs...acho que Deus protege os românticos!!!!!

    ResponderExcluir
  12. Poesia mto bem selecionada e encantadora demais ...parabéns Sr,Carlos Alberto,lhe desejo um Feliz Natal e um próspero ano novo c mtas bênçãos à vc e td sua família!!
    abraços fraternos da nova amiga do Rio de Janeiro

    ResponderExcluir
  13. ...que não o Papai Noel, mas o papai do céu te traga muitas bençãos , amor de verdade e uma vida cheia de ternura com sua amada....e que tenha uma vida plena em família com a certeza de que o céu começa aqui, ao lado de quem amamos, ao lado dos filhos e das coisas que ele nos dá todos os dias...o paõ nosso de cada dia, o teoto, a cama quentinha...e fica tb o desejo de cada um de nós um mundo mais josto, mais humano, que valorize o ser e não o ter....é isso...

    feliz natal a vc poetinha e a todos os seus leitores que se aquecem nos seus poemas, na sua forma linda e doce de eternizar os sentimentos...

    beijos, boa noite...

    ResponderExcluir
  14. desculpe os erros ...é a emoção rsrsrsr

    ResponderExcluir
  15. Que bom que agora poderá viver esta linda história de amor.Que o Papai Noel atenda o seu pedido. Que Deus te faça muito feliz.

    Sol Pereira

    ResponderExcluir
  16. Para você , Carlos, eu peço:

    UM NATAL

    Queria um Natal assim
    Diante de tanta pobreza
    Não fosse um dia só
    Sorrindo
    E minha alma chorando

    Neste teatro da vida
    Está incluído o Natal
    Actores todos somos
    A falsear nossa “roupa”

    Queremos unir as mãos
    Dar pão a quem tem fome
    Mas só nos lembramos disso
    Num só dia
    Porque é Natal

    Será que é utopia
    Ter um Natal num ano
    Ou apenas por um dia…

    ResponderExcluir