domingo, 30 de janeiro de 2011

ELA ERA ASSIM

De personalidade imaginativa
Educada e elegante
Sorriso meigo e sincero
E olhar desconsertante.

Sabia ouvir com inteligencia
Mestra na arte de incentivar
Amiga sábia e sensível
E muito doce no amar.

Ela era assim
Mas não percebi
Só me dei conta
Depois que a perdi.

5 comentários:

  1. Parabéns pela beleza do seu poema! Beijos!

    ResponderExcluir
  2. adorei carlinhooooooo !

    ResponderExcluir
  3. É sempre assim, Poeta, só damos o verdadeiro valor a quem o tem, depois que o perdemos...

    ResponderExcluir
  4. CONCORDO..COM..OS DEMAIS COMENTÁRIOS..POETA CARLOS...MAIS..ENFIM..É..VIDA..BJS..BETTY.G;)

    ResponderExcluir
  5. Poeta dos Sonhos que lindo! Pena que você não soube conhecer a pessoa certa, mas quem sabe ainda resta alguma esperança, nunca e tarde. Boa noite com belos sonhos. Bj

    ResponderExcluir