terça-feira, 15 de maio de 2012

E OS FINALMENTES ?

Veja o que fizestes
Me derrubastes 
Agora estás dentro de mim
E eu estou assim.


Com uma vontade "insana"
De te amassar todinha
Te beijar inteirinha
Até deixar-te molhadinha.


E os finalmentes ?
Não, não irei te contar
Mas serei muito carinhosinho
Já podes até imaginar.


Acredito que os sonhos
Alimentam muito a realidade
Por isso gosto de te provocar
Pra aumentar a nossa vontade.


Enquanto nada acontece
Eu continuo na minha
Pensando em você...
E comendo "apenas" batatinha.......rsrrsrs


BRINCADEIRINHA.......rrsrsrs

6 comentários:

  1. rsrsrs...cuidado!!!
    batatinha FRITA não...faz mal e mesmo assim come pouca "batatinha" porque engorda...
    COMO SEMPRE PARABÉNS !!
    luxa

    ResponderExcluir
  2. BOM DIA POETA CARLOS..AMEI SEU POEIZAR..COMO SEMPRE....TENHA UM MARAVILHOSO DIA..JUNTO AOS SEUS..BEIJOS BETTY.G:)

    ResponderExcluir
  3. POETINHA, ACHO DESNECESSÁRIA A CLASSIFICAÇÃO (brincadeirinha) DEIXE QUE CADA UM O CLASSIFIQUE DE ACORDO COM A SUA CABECINHA! NO MÁXIMO ACHARÃO SENSUAL E ERÓTICO SALPICADO DE BOM HUMOR COM A HISTÓRIA DA BATATINHA!....EU, POR EXEMPLO, ACHEI MUITO BONITINHO! GOSTEI BASTANTE....É ASSIM, ALEGRE QUE É A SUA POESIA....É A CARACTERÍSTICA DELA!
    PARABÉNS! QUE A ALEGRIA TENHA VOLTADO PRA FICAR MUITO TEMPO EM TEU CORAÇÃO!
    BOM DIA E UM BEIJO...MANDA UMA BATATINHA, CERTO????

    ResponderExcluir
  4. Eita! Já que estás na dieta da batatinha, vou lhe dar uma dica, não a coma frita, coma-a cozida no vapor regada com azeite extra virgem, rsrs... É uma delícia e saudável.
    Teu poema traz alegria ao nosso dia! Amei!!!

    Carinhos...
    Beijos floridos

    ResponderExcluir
  5. anônima Damasio15 de maio de 2012 12:44

    nossa...só batatinha..tsc tsc...puro carbohidrato..se for frita olha o colesterol homem...o bom de estar amando é que a gente exercita tanto que emagrece rsrsrs...larga da batata e pega a muié di veiz rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  6. Imagino uma subida lenta,
    No cume do everest,
    Uma aventura linda,
    Ventos fortes a soprar,
    No rosto da felicidade,
    Delirios de apaixonar,
    Quero ver alguém desmanchar,
    Essa onda de carinho,
    Que o vento traz pra cá!
    Na brisa da alegria,
    Cheia de amor pra dá.
    Bjinhos poeta carlinhos,
    Gosto de pegar as palavras,
    E usar para brincar,
    Já que só tu sabe poetar,
    Eu nem tento imitar.

    ResponderExcluir