sábado, 20 de agosto de 2016

E então vem o pescador...

De repente... descobrimos tantas emoções presas dentro da gente...

E então vem o pescador...
com a sua isca de conquistador...
chamada DOÇURA...
e pesca todas as nossas loucuras.
A partir dai temos a sensação...
da mais completa libertação. E o rio de nosso SER...começa a transbordar de tanto querer.


2 comentários:

  1. Lindo querido poeta Ternura! Bjs em sua linda alma!

    ResponderExcluir
  2. maravilhoso querido amigo poeta, amo ler os seus poemas, bjs. ♥

    ResponderExcluir