segunda-feira, 5 de novembro de 2012

DOCE TELINHA.

Nós nessa tela de ilusões
Cercados por mocinhos e vilões
Vamos docemente esparramando
Nossas emoções.

Aqui brincamos como crianças
Navegando em lindas esperanças.
Mas aqui pode ser também inferno ou paraíso
Lugar ideal pra se perder o juízo.


Aqui quem manda é a doçura
Mas pode-se também gritar
Por um pouco de carinho
Ou até por um doce AMAR.

Eu adoro essa TELINHA
Só tenho que agradecer
Pois foi através dela
Que eu pude te conhecer.




4 comentários:

  1. soniasanepa@hotmail.com5 de novembro de 2012 11:01

    Por um doce AMAR ...
    Por esse lindo POETAR...
    Que eu pude também
    te conhecer. Bjos Poeta

    ResponderExcluir
  2. Se eu perdi o meu juizo/Podes crer, não foi grande o prejuizo/Pois eu te conheci,/mas eu prometo,que juizo vou criar/Basta tu me dizeres/ Aonde vou te encontrar..! (risos)

    ResponderExcluir
  3. Tania Edelweiss!!!

    Amado poeta Carlos!!Amei esta Poesia,como todas as demais!!
    É tão gostoso,quando a doçura manda!!!O Carinho domina a imaginação voa alto!!!
    Parabéns mil vezes!!

    DEUS te abençoe!!!

    Forte ÁGAPE no seu lindo e romântico coração!!

    ResponderExcluir